08 de junho de 2018

« Voltar para o blog

SaaS e On-Premises: Qual a melhor escolha para software de gestão energética?

SaaS e On-Premises: Qual a melhor escolha para software de gestão energética?

O que é Saas e Servidor On Promises e qual seria a melhor escolha para sua gestão empresarial? Compartilhamos com você algumas informações para ajudar na decisão.

Organização é ponto chave para toda boa gestão e existem no mercado diversos sistemas com o propósito de facilitar a rotina das empresas, otimizando tempo e processos, e o SaaS – Software as a Service (software como serviço), é um deles. O nome se dá porque não é necessário pagar uma licença para adquiri-lo ou realizar uma instalação. Sua aquisição segue o modelo de assinaturas e todos os dados ficam na nuvem (cloud computing), disponíveis de forma prática por meio de uma conexão com internet em qualquer local e em diversos dispositivos. Já o servidor On-Premises requer o pagamento pelo software e pela sua licença, necessitando também de equipamentos localizados na empresa para sua instalação.

SaaS: o software online

Como mencionado anteriormente, o fato de armazenar todos os dados na nuvem e permitir o acesso por várias pessoas em diferentes locais é um dos grandes diferenciais do SaaS.

Além disso, a segurança de dados e atualização do sistema são responsabilidades da empresa especializada, que também oferece todo o suporte técnico. O sistema cloud computing, por conta do modelo de assinaturas, possibilita um maior controle dos custos e suas interfaces são simples, garantindo facilidade no uso por parte dos colaboradores. Seu uso é possível por empresas de todo os portes e alguns provedores oferecem API’s que permitem a integração com outros aplicativos existentes, conferindo maior unidade à gestão do seu negócio.

saas-on-premises-soma-energia-2

On-Premises: o software local

Muitas empresas ainda sentem a necessidade de ter os dados sob seu controle, sem necessariamente disponibilizar em sistemas online. Neste caso, softwares On-Premises são uma alternativa, pois todas as informações ficam disponibilizadas no servidor da empresa com uma estrutura de TI interna. Por essa razão há uma maior possibilidade de controle e gestão na solução de possíveis problemas, já que uma equipe especializada estará à disposição. Porém, lembre-se: backups devem ser feitos de forma regular para evitar qualquer perda de dados e informações relevantes.

saas-on-premises-soma-energia-3

Mas, afinal, qual seria o melhor software para a gestão energética da sua empresa?

Com o SaaS, os custos são menores porque não exige investimento inicial para aquisição de software e não é preciso capacitar equipe para estar a par da estrutura do sistema, porém, toda a gestão do software está nas mãos da empresa fornecedora. Com o On-Premises há uma variável dos custos fixos do mês, pois atualizações e novos licenciamentos podem surgir, e há uma limitação no acesso aos dados, já que a instalação é local.

Com os dois tipos de sistema você pode organizar processos, desde controles financeiros até a gestão de pessoas e projetos, porém há uma tendência maior na utilização de softwares SaaS para gestão energética pela comodidade, praticidade e segurança em ter acesso aos dados e informações de qualquer lugar (e em diversos dispositivos).

A Soma pode ajudar você a escolher o melhor software para a gestão energética da sua empresa. Entre em contato conosco para saber mais!